CANAIS DIRETO DE ATENDIMENTO

1 Envie seu e-mail pelo formulário de contato. Clique aqui!
2 Atendimento por telefone.
(83) 33223222

Antes de entrar em contato recolha todos os dados necessários da sua dúvida. Agradecemos seu contato!

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Seg. a Sex. de 08h às 12h e 13h às 17h.
Sábados, Domingos e Feriados toda solicitação deverá ser enviada pelo e-mail contato@conepetro.com.br.

EFETUOU CADASTRO E ESQUECEU SUAS CREDENCIAIS?

LÍDER DA YPF TENTA SUPERAR BARREIRAS POLÍTICAS PARA EXTRAIR RIQUEZA DO XISTO

14 de Outubro de 2014 / Publicada em Científicos

Para Galuccio, o cargo na YPF não é apenas um desafio profissional. “Ele traz a possibilidade de ajudar a Argentina a recuperar sua independência energética”, diz ele. “Esta é uma empresa que eu amo e que é parte das idiossincrasias da Argentina”. Galuccio, um ex-executivo da companhia de serviços de petróleo Schlumberger, já logrou algumas vitórias. Ele ajudou a convencer o governo a aumentar os preços das novas descobertas de gás natural para US$ 7,5 por milhão de unidades térmicas britânicas, o triplo do que a YPF obtinha antes. Ele vem também elevando repetidamente os preços nos 1.500 postos de gasolina da YPF. Esses aumentos são cruciais porque as vendas representam 80% do orçamento de exploração e produção da empresa. Os aumentos também possibilitaram à companhia quase dobrar seus investimentos nos primeiros nove meses de 2013, para cerca de US$ 3 bilhões, e elevar o lucro líquido em 11% ante o mesmo período de 2012, para cerca de US$ 500 milhões. Ainda mais importante foi o papel decisivo de Galuccio em obter o apoio do governo para um plano recente de pagar US$ 5 bilhões à Repsol pela nacionalização da YPF, segundo pessoas a par do assunto. O acordo poderia facilitar a emissão de títulos de dívida da YPF no exterior e ajudar a atrair investimento novo. Mas não foi fácil chegar ao acordo. Após a nacionalização, em maio de 2012, a Repsol processou a Argentina, exigindo US$ 10,5 bilhões como compensação, e ameaçou processar também as firmas que se associassem à YPF. As autoridades argentinas responsáveis pela nacionalização, por sua vez, alegaram inicialmente que era a Repsol quem devia dinheiro ao país. O acordo, que ainda depende da aprovação final da Repsol, foi um grande êxito para Galuccio, que conseguiu levar à mesma mesa de negociações representantes dos setores público e privado da Argentina, Espanha e México, cuja estatal Petroleos Mexicanos tem 9% da Repsol. O cargo de Galuccio o coloca no meio da corrida global para reproduzir em outros países a revolução do petróleo e gás não convencionais — aqueles de formações de xisto e outras que requerem técnicas especiais de extração —, que nos últimos anos tornou os EUA o maior produtor do mundo. Galuccio, que tem 45 anos, quer criar um boom semelhante na Argentina explorando a formação de xisto de Vaca Muerta. As concessões de petróleo e gás da YPF cobrem cerca de 40% da formação, que se estende pelas províncias de Neuquén e Mendoza no sul da Argentina. Em julho, a Chevron Corp. CVX -2.92% , segunda maior petrolífera do mundo, concordou em financiar a maior parte da sociedade de US$ 1,5 bilhão que fez com a YPF para desenvolver Vaca Muerta. (Reportagem na íntegra: http://www.tnpetroleo.com.br/noticia/lider-da-ypf-tenta-superar-barreiras-politicas-para-extrair-riqueza-do-xisto/ )
TOP

A wonderful serenity has taken possession of my entire soul, like these sweet mornings of spring which I enjoy with my whole heart. I am alone, and feel the charm of existence in this spot, which was created for the bliss of souls like mine.

I am so happy, my dear friend, so absorbed in the exquisite sense of mere tranquil existence, that I neglect my talents. I should be incapable of drawing a single stroke at the present moment; and yet I feel that I never was a greater artist than now.

When, while the lovely valley teems with vapour around me, and the meridian sun strikes the upper surface of the impenetrable foliage of my trees, and but a few stray gleams steal into the inner sanctuary, I throw myself down among the tall grass by the trickling stream; and, as I lie close to the earth, a thousand unknown plants are noticed by me: when I hear the buzz of the little world among the stalks, and grow familiar with the countless indescribable forms of the insects and flies, then I feel the presence of the Almighty, who formed us in his own image.

Duis dictum tristique lacus, id placerat dolor lobortis sed. In nulla lorem, accumsan sed mollis eu, dapibus non sapien. Curabitur eu adipiscing ipsum. Mauris ut dui turpis, vel iaculis est. Morbi molestie fermentum sem quis ultricies. Mauris ac lacinia sapien. Fusce ut enim libero, vitae venenatis arcu. Cras viverra, libero a fringilla gravida, dolor enim cursus turpis, id sodales sem justo sit amet lectus. Fusce ut arcu eu metus lacinia commodo. Proin cursus ornare turpis, et faucibus ipsum egestas ut. Maecenas aliquam suscipit ante non consectetur. Etiam quis metus a dolor vehicula scelerisque.

Nam elementum consequat bibendum. Suspendisse id semper odio. Sed nec leo vel ligula cursus aliquet a nec nulla. Sed eu nulla quam. Etiam quis est ut sapien volutpat vulputate. Cras in purus quis sapien aliquam viverra et volutpat ligula. Vestibulum condimentum ultricies pharetra. Etiam dapibus cursus ligula quis iaculis. Mauris pellentesque dui quis mi fermentum elementum sodales libero consequat. Duis eu elit et dui varius bibendum. Sed interdum nisl in ante sollicitudin id facilisis tortor ullamcorper. Etiam scelerisque leo vel elit venenatis nec condimentum ipsum molestie. In hac habitasse platea dictumst. Sed quis nulla et nibh aliquam cursus vitae quis enim. Maecenas eget risus turpis.