CANAIS DIRETO DE ATENDIMENTO

1 Envie seu e-mail pelo formulário de contato. Clique aqui!
2 Atendimento por telefone.
(83) 33223222

Antes de entrar em contato recolha todos os dados necessários da sua dúvida. Agradecemos seu contato!

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Seg. a Sex. de 08h às 12h e 13h às 17h.
Sábados, Domingos e Feriados toda solicitação deverá ser enviada pelo e-mail contato@conepetro.com.br.

EFETUOU CADASTRO E ESQUECEU SUAS CREDENCIAIS?

Prezados congressistas, informamos que o prazo para pagamento da taxa de inscrição referente à primeira chamada encerrará no dia 16/11. Aproveite e garanta sua vaga. O CONEPETRO, inédito no país pela sua abordagem em Engenharia de Petróleo, vem para se tornar um evento de referência na área para alunos de nível técnico, graduação e pós-graduação, bem como para pesquisadores, profissionais da academia e setores empresariais. Concomitante ao congresso ocorrerá o III WORKSHOP, considerado o terceiro maior evento na área de petróleo no Brasil. As inscrições estão abertas até 21 de abril de 2015 e o prazo para as submissões de trabalho encerrará em 2 de fevereiro de 2015.

Estão sendo realizadas, até a próxima sexta-feira (12), no Departamento de Engenharia Mecânica, na UFCG, inscrições para o I CONEPETRO. Os interessados poderão se cadastrar no site do evento, efetuar pagamento com cartão de crédito ou gerar boleto bancário. A ação tem por objetivo facilitar e disponibilizar um espaço no qual o público poderá realizar inscrições e obter outras informações sobre o evento, como datas de submissão de trabalho e de pagamento, normas de submissão. O I CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS e III WORKSHOP DE ENGENHARIA DE PETRÓLEO ocorrerá de 13 a 15 de maio de 2015, no Centro de Convenções Raymundo Asfora, em Campina Grande. Com a temática ‘PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS’, o evento é uma realização da Universidade Federal de Campina Grande, Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, Centro de Ciência e Tecnologia CCT/UFCG e Unidade Acadêmica de Engenharia Mecânica – Curso de Engenharia de Petróleo.

Projetos que poderão tornar mais rápido o processo de licenciamento ambiental foram apresentados hoje (18) pelos Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP). Entre outras ações, eles vão permitir que o setor tenha acesso a informações que contribuam para o licenciamento.O trabalho faz parte de um acordo de cooperação técnica (ACT), assinado entre os dois institutos no ano passado. Isso ocorreu, após discussões do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp) a partir de 2008, que identificaram a necessidade de aprimorar o processo de licenciamento e planejamento de oferta de blocos para exploração de petróleo e gás. Ao todo, estão previstos 12 projetos que, juntos, poderão diminuir pela metade o tempo de tramitação de todo processo de licenciamento ambiental para a área de petróleo e gás. O presidente do Ibama, Volney Zanardi, ressaltou que o órgão está aberto a sugestões dos setores interessados em agilizar o licenciamento, desde que as soluções apresentadas não comprometam a qualidade e o rigor do processo de licenças. “Estamos trabalhando uma série de ferramentas, sistemas, estudos, procedimentos de uma forma articulada com o setor [de petróleo] para ganhar uma melhor efetividade e eficiência no licenciamento. No curto prazo, que são os licenciamentos em ocorrência, não temos nenhum em atraso. A dificuldade que nós temos é sobre o nível de detalhamento de alguns estudos, mas existe toda uma abertura do Ibama para discutir com o setor. Esse processo precisa se consolidar e essa discussão de alternativas tem que ser propostas pelo setor em si”. O presidente do IBP, João Carlos de Luca, disse que os projetos são de médio e longo prazos, que o IBP trabalha para encontrar soluções que vão beneficiar a todos a médio e longo prazo. Ele disse ainda que, no curto prazo, ainda existem discussões. “Tudo o que nós estamos fazendo vai facilitar em tudo, mas no curto prazo ainda não. E o Ibama tem consciência disse e estimula que nós levemos sugestões”. Um dos projetos, o Manual de Resíduos Sólidos, é um guia que traz as condições que os prestadores de serviço devem seguir para melhorar o manuseio dos resíduos de perfuração. O manual será lançado em 2015 na forma de cartilha, quando o IBP também vai oferecer cursos para os trabalhadores em uma parceira com o Senai. Outro, é a Análise de Risco Ambiental Offshore, que reúne experiências de outros países e sugestões para o aperfeiçoamento do gerenciamento de risco ambiental nas atividades de exploração. O documento já foi entregue ao Ibama e também será lançado na forma de guia no próximo ano. Além disso, foi formada uma parceria entre os dois institutos que criaram o Portal de Educação Ambiental (www.peabc.com.br), que integrara as iniciativas das operadoras de petróleo da Bacia de Campos, no Rio de Janeiro. O portal é voltado para a comunidade que vive próximo aos campos de produção. Mais um projeto lançado hoje, Estudo do Estado da Arte dos Rodolitos – disponibiliza informações técnicas para orientar o licenciamento de atividades de petróleo e gás em áreas que tenham a presença dessas algas calcárias, nas águas rasas da costa brasileira. (adaptado - http://www.ebc.com.br/noticias/brasil/2014/12/ibama-e-area-de-petroleo-lancam-projetos-para-acelerar-licencas-ambientais)

Estão abertas as inscrições para participação em minicursos durante o I Congresso Nacional de Engenharia de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis e III Workshop de Engenharia de Petróleo, que será realizado nos dias 13, 14 e 15 de maio de 2015, no Centro de Convenções Raimundo Asfora, em Campina Grande – PB, abordando o tema “Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis”. Até o momento estão disponíveis sete atividades que envolvem as áreas de Engenharia de Petróleo, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica, Engenharia de Minas, Engenharia Química, Química Industrial, Engenharia Elétrica, Engenharia de Produção, Engenharia Ambiental e Sanitária, e áreas afins. Para se inscrever o congressista deverá estar cadastrado no site do evento (www.conepetro.com.br) e efetuar o pagamento da inscrição junto ao minicurso. Cada atividade custa R$30,00 e as vagas são limitadas (50 vagas). O evento é uma realização da Universidade Federal de Campina Grande, Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, Centro de Ciência e Tecnologia CCT/UFCG e Unidade Acadêmica de Engenharia Mecânica – Curso de Engenharia de Petróleo.

O prazo para pagamento da taxa de inscrição dos valores referentes a segunda chamada encerrará no dia 18 de janeiro. Não perca o prazo! Após essa data os valores serão alterados. Aproveite também para submeter seu trabalho, que tem como data limite o dia 02/02, e participar de um minicurso. As atividades custam R$30,00 e as vagas são limitadas.

O prazo de submissão de trabalho para o I CONEPETRO encerra hoje (02). Para cada inscrito serão aceitos, no máximo, 2 (dois) trabalhos como primeiro autor não podendo ultrapassar 5 (cinco) participantes por trabalho incluindo o orientador. Não há limite de participação na condição de coautor. As propostas deverão estar vinculadas a alguma das áreas ou subáreas temáticas listadas no site do evento. Confira as normas através do link: http://conepetro.com.br/normastrabalho.php

Informamos que o prazo de submissão de trabalhos do I CONEPETRO foi PRORROGADO até o dia 30 de março de 2015, impreterivelmente.Não perca esse prazo! Para cada inscrito serão aceitos, no máximo, 2 (dois) trabalhos como primeiro autor não podendo ultrapassar 5 (cinco) participantes por trabalho incluindo o orientador. Não há limite de participação na condição de coautor. Confira todas as normas através do endereço eletrônico: http://conepetro.com.br/normastrabalho.php

Dois novos minicursos foram disponibilizados na página do CONEPETRO. O minicurso 9, Modelagem Matemática para Escoamentos em Meios Porosos com Aplicações a Recuperação de Reservatórios Petrolíferos, será ministrado pelo professor Dr. Aparecido Jesuíno de Souza Professor titular da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), possui pós-doutorado pela North Carolina State University, USA). Atualmente é o Coordenador do mestrado acadêmico e do PROFMAT junto à UFCG. Suas linhas de pesquisa são Análise, Equações Diferenciais Parciais e Matemática Aplicada, atuando principalmente em leis de conservação na resolução de problemas de Riemann para modelos provenientes de escoamentos em meios porosos e recuperação de reservatórios petrolíferos. O Público Alvo para a atividade é: Engenharia de Petróleo, Engenharia Química, Matemática e áreas afins. Há também o minicurso 10, Simulações Computacionais em Engenharia de Petróleo, a ser ministrado pelo professor Dr. André Maués Brabo Pereira Professor da Universidade Federal Fluminense. Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Pará (2001), mestrado em Engenharia de Estruturas pela Universidade de São Paulo (2004) e doutorado em Doktor der Technischen Wissenschaften - Technische Universität Graz (2008). O Público Alvo para essa atividade é: Engenharia de Petróleo, Engenharia Química, Engenharia Mecânica, Matemática e áreas afins. As atividades possuem 25 vagas cada.

I CONEPETRO LANÇA SORTEIO NA FANPAGE

10 de Fevereiro de 2015

A Comissão Organizadora do I CONEPETRO está sorteando um HD externo de 500GB entre os congressistas como forma de agradecimento e estímulo à participação no evento. Para concorrer ao prêmio, o participante deverá estar curtindo a página "I Congresso Nacional De Engenharia De Petróleo"; estar inscrito no Congresso; compartilhar a imagem do sorteio; e ter o status de pagamento concluído. O sorteio ocorrerá no dia 23 de fevereiro de 2015, às 16h, e os participantes poderão se inscrever até o dia 23/02, às 14h. Poderão participar todos que curtem a fan page do "I Congresso Nacional De Engenharia De Petróleo". Participe do sorteio através do link (https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/426208)

NOVO MINICURSO DISPONÍVEL

19 de Fevereiro de 2015

Um novo minicurso foi disponibilizado na página do CONEPETRO. O minicurso 11, Importância da Construção Civil no Setor de O&G , será ministrado pelo professor Angelo Naegeli Rossi. Engenheiro Civil, graduado pela Universidade Estadual de Maringá e Especialização em Gestão e Engenharia de Petróleo e Gás pelo Instituto Nacional de Pós Graduação (INPG). Atuação em diversas áreas da construção civil como gerente de contratos. Principais obras: Unidade picadora de pneus da CIMPOR em Jundiaí/SP, ampliação da fábrica da PIRELLI em Sumaré/SP, e atualmente Consultor técnico para a Petrobras na implantação da Refinaria Abreu e Lima em Ipojuca/PE. O Público Alvo para a atividade é: Engenharia de Petróleo, Engenharia Civil, Engenharia de Materiais e áreas afins. A atividade possui 25 vagas.

O Prazo final para inscrições e pagamento encerram dia 24 de abril. Não perca o prazo e garanta sua vaga!

TOP

A wonderful serenity has taken possession of my entire soul, like these sweet mornings of spring which I enjoy with my whole heart. I am alone, and feel the charm of existence in this spot, which was created for the bliss of souls like mine.

I am so happy, my dear friend, so absorbed in the exquisite sense of mere tranquil existence, that I neglect my talents. I should be incapable of drawing a single stroke at the present moment; and yet I feel that I never was a greater artist than now.

When, while the lovely valley teems with vapour around me, and the meridian sun strikes the upper surface of the impenetrable foliage of my trees, and but a few stray gleams steal into the inner sanctuary, I throw myself down among the tall grass by the trickling stream; and, as I lie close to the earth, a thousand unknown plants are noticed by me: when I hear the buzz of the little world among the stalks, and grow familiar with the countless indescribable forms of the insects and flies, then I feel the presence of the Almighty, who formed us in his own image.

Duis dictum tristique lacus, id placerat dolor lobortis sed. In nulla lorem, accumsan sed mollis eu, dapibus non sapien. Curabitur eu adipiscing ipsum. Mauris ut dui turpis, vel iaculis est. Morbi molestie fermentum sem quis ultricies. Mauris ac lacinia sapien. Fusce ut enim libero, vitae venenatis arcu. Cras viverra, libero a fringilla gravida, dolor enim cursus turpis, id sodales sem justo sit amet lectus. Fusce ut arcu eu metus lacinia commodo. Proin cursus ornare turpis, et faucibus ipsum egestas ut. Maecenas aliquam suscipit ante non consectetur. Etiam quis metus a dolor vehicula scelerisque.

Nam elementum consequat bibendum. Suspendisse id semper odio. Sed nec leo vel ligula cursus aliquet a nec nulla. Sed eu nulla quam. Etiam quis est ut sapien volutpat vulputate. Cras in purus quis sapien aliquam viverra et volutpat ligula. Vestibulum condimentum ultricies pharetra. Etiam dapibus cursus ligula quis iaculis. Mauris pellentesque dui quis mi fermentum elementum sodales libero consequat. Duis eu elit et dui varius bibendum. Sed interdum nisl in ante sollicitudin id facilisis tortor ullamcorper. Etiam scelerisque leo vel elit venenatis nec condimentum ipsum molestie. In hac habitasse platea dictumst. Sed quis nulla et nibh aliquam cursus vitae quis enim. Maecenas eget risus turpis.