CANAIS DIRETO DE ATENDIMENTO

1 Envie seu e-mail pelo formulário de contato. Clique aqui!
2 Atendimento por telefone.
(83) 33223222

Antes de entrar em contato recolha todos os dados necessários da sua dúvida. Agradecemos seu contato!

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Seg. a Sex. de 08h às 12h e 13h às 17h.
Sábados, Domingos e Feriados toda solicitação deverá ser enviada pelo e-mail contato@conepetro.com.br.

EFETUOU CADASTRO E ESQUECEU SUAS CREDENCIAIS?

Para todos: Saúde ou Remédios?

15 de Novembro de 2013

A hipertensão é a doença mais comum entre as mulheres (26,9%) que entre os homens (21,3%) e também varia de acordo com a faixa etária e a escolaridade. Entre os brasileiros com mais de 65 anos de idade, 59,2% se declaram hipertensos, contra apenas 3,8% na faixa de 18 a 24 anos e 8,8% de 25 a 34 anos. De acordo com os dados do Ministério da Saúde. Já o tempo médio de ensino é inversamente proporcional à hipertensão: quanto maior a escolaridade, menor a taxa. Entre aqueles com até oito anos de educação formal, 37,8% de hipertensão; na outra ponta, com 12 anos ou mais de ensino, o percentual fica em 14,2%. Os serviços públicos ofertados na área com programas educativos para saúde são feitos pelo governo, além de entregas de medicamentos gratuitos, o convênio com farmácias populares que disponibilizam o medicamento com um preço acessível para a população, mostram o investimento do investimento para com a saúde pública no país. A hipertensão atinge 24,3% da população adulta de acordo com dados do ano de 2012. Mas será que a prática de auxílio do governo é suficiente para que a saúde pública no país seja assistida? Quais alternativas para que o país ofereça uma saúde pública de qualidade? Será o aumento de profissionais qualificados ou a educação das pessoas para que tenham uma qualidade de vida? Essas discussões farão parte do I Congresso Nacional de Ciências da Saúde na cidade de Cajazeiras nos dias 26 a 28 de março de 2014.

Inscrições Abertas

08 de Novembro de 2013

Com o propósito de discutir os avanços, interfaces e práticas integrativas a Faculdade Santa Maria promove o I Congresso Nacional Ciências da Saúde (CONACIS) nos dias 26 a 28 de março de 2014 na cidade de Cajazeiras- PB. Serão palestras, mesas redondas, apresentações de trabalhos, debates, compartilhamento de conhecimento para os profissionais e estudantes da área da saúde. As inscrições estão abertas para as categorias de estudantes de graduação, pós-graduação, professores e profissionais. As inscrições são online e efetivadas após o pagamento da taxa referente à categoria, respeitando os prazos. Os valores são: R$115,00 estudantes de graduação; R$ 155,00 estudantes de pós-graduação; R$ 175,00 professores e profissionais. Garanta já a sua vaga e participe do evento

Edital de Monitores

08 de Novembro de 2013

A participação de um aluno de graduação como monitor em um evento de porte como o I CONGRESSO NACIONAL CIÊNCIAS DA SAÚDE possibilita que o mesmo vivencie uma experiência extracurricular enriquecedora para o seu aprendizado. Sendo assim, o I CONACIS abre o edital de seleção de monitoria para o evento, ofertando 50 vagas para que os alunos desenvolvam as suas habilidades e sintam estimulados a participar em outras vias do evento. As vagas são destinadas para alunos matriculados em cursos em universidades e faculdades do Estado da Paraíba, na área de saúde e afins. Além do conhecimento adquirido o aluno receberá um certificado referentes às atividades com 40 horas e isenção de taxa de inscrição no evento. Disponibilidade, compromisso e responsabilidade são requisitos para participar da seleção. Leia atentamente o edital disponível e se inscreva por meio do formulário online.

No 39º Leilão de Biodiesel – Complementar (L39C) da ANP foram arrematados 56,1 milhões de litros de biodiesel oriundos integralmente de produtores detentores do selo Combustível Social. O preço médio foi de R$ 2,051/L, sem considerar a margem Petrobras, e o valor total negociado atingiu o patamar de R$ 116,4 milhões refletindo um deságio médio de 1,37% quando comparado com o preço máximo de referência médio (R$ 2,080/L). A apresentação das ofertas de biodiesel ocorreu em um único dia (24/10), com 20 produtores disponibilizando um volume total de 76 milhões de litros. No primeiro dia de seleção das ofertas (29/10), foram arrematados 54,3 milhões de litros de biodiesel exclusivamente de produtores detentores de selo Combustível Social, em torno de 71,4% do total ofertado para todo o Leilão. Após a seleção das ofertas, ocorreu a etapa de reapresentação de preços por parte dos produtores, na qual se observou um deságio de aproximadamente 0,05%. No segundo dia de seleção das ofertas (30/10), foram arrematados 1,8 milhão de litros de biodiesel, 2,4% do total ofertado no Leilão. O 39º Leilão de Biodiesel – Complementar (L39C) foi criado para complementar o volume arrematado no 39º Leilão de Biodiesel (L39). No L39, com entrega para novembro e dezembro de 2014, a oferta de biodiesel pelos produtores foi de apenas 62% da capacidade das usinas habilitadas. Em virtude do baixo volume ofertado, o Ministério de Minas e Energia (MME) e a ANP optaram por realizar um leilão complementar, para garantir o abastecimento de biodiesel em dezembro de 2014. Os leilões de biodiesel destinam-se a atender o disposto na Lei nº 13.033, publicada no DOU em 24/09/14, que estabelece em 7% o percentual mínimo obrigatório de adição de biodiesel ao óleo diesel vendido ao consumidor final (B7), a partir de 01/11/14. O 39º Leilão de Biodiesel Complementar (L39C) visa garantir o abastecimento de biodiesel no mercado nacional durante o mês de dezembro de 2014, conforme diretrizes da Portaria nº 476, de 15/08/12, do Ministério de Minas e Energia, e critérios estabelecidos no Edital de Leilão Público nº 048/14-ANP. Os volumes comercializados somente serão validados após homologação pela diretoria da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Fonte: http://www.tnpetroleo.com.br/noticia/561-milhoes-de-litros-de-biodisel-arrematados-no-39-leilao-complementar/

Encontram-se abertas até o dia 21 de novembro, na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), as inscrições para concurso de provas e títulos destinados a seleção de um professor de Engenharia de Petróleo do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT), campus sede. Exige-se que o candidato possua doutorado em umas das seguintes áreas, Engenharia de Petróleo, Engenharia de Processos, Engenharia Química, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Mecatrônica, Engenharia Naval, Engenharia Metalúrgica e de Materiais, Engenharia Civil ou Química Industrial. A área de conhecimento objeto do concurso é Produção de Petróleo e Gás. A carga horária é de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva. A remuneração é de R$ 8.344,64. Os interessados deverão realizar a inscrição na Secretaria da Unidade Acadêmica de Engenharia Mecânica, Bloco BR, campus sede. O horário de atendimento será das 08h às 11h e das 14h às 17h. A taxa custa R$ 150. Fonte: http://www.ufcg.edu.br/prt_ufcg/assessoria_imprensa/mostra_noticia.php?codigo=16906

Prestes a completar uma década, o balanço do Programa Nacional de Uso e Produção de Biodiesel mostra o Rio Grande do Sul como Estado mais beneficiado pela iniciativa lançada em dezembro de 2004. Desde que o combustível renovável passou a ser produzido, as unidades gaúchas responderam por 28% dos 16,1 bilhões de litros que saíram das usinas do país, revela o levantamento da Associação Brasileira das Indústrias de Óleo Vegetal (Abiove). Os dados incluem o intervalo de 2006 a agosto deste ano, período em que há preços de comercialização divulgados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). O volume, de acordo com cálculos da Abiove, gerou uma receita de R$ 41 bilhões às indústrias brasileiras. Somente no Estado, o valor injetado seria de pelo menos R$ 10 bilhões. A aproximação do aniversário do programa, considerado bem-sucedido apesar de ter deixado pelo caminho alguns princípios que nortearam sua criação, também coincide com uma nova fase. No início do mês, começou a valer a mistura de 7% de biodiesel no diesel de origem fóssil usado em veículos como ônibus e caminhões. O chamado B7 substitui o B6, válido desde julho deste ano, que por sua vez entrou no lugar do B5, em vigor desde 2010. A maior adição de biodiesel ao diesel ajudará a diminuir a capacidade ociosa das usinas brasileiras, aumentando a produção e auxiliando no equilíbrio da equação financeira do negócio. O longo período com o percentual de mistura estagnado cobrou seu preço, admite o assessor econômico da Abiove, Leonardo Zilio, também responsável pela área de biodiesel da entidade. — O setor passou por um período crítico nos últimos dois anos, com fechamento de algumas usinas. A utilização da capacidade instalada era em torno de 40% com o B5 e passa a ser de 55% com o B7 — avalia Zilio, que mesmo assim enxerga mais acertos do que erros na primeira década do biodiesel brasileiro. Com a maior adição, o volume de biodisel produzido no país deve passar de 3,45 bilhões de litros neste ano para 4,2 bilhões em 2015. (Adaptado - Fonte: http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/campo-e-lavoura/noticia/2014/11/energia-extra-para-usinas-de-biodiesel-4634955.html)

Dirigindo-se aos outros membros do G20 reunidos em Brisbane, o primeiro-ministro britânico, David Camero,n publicou um artigo no diário londrino "The Guardian" lançando um alerta: "Seis anos depois do crash financeiro que dobrou os joelhos do mundo, as luzes vermelhas estão piscando de novo no painel da economia global". Na lista dos problemas elencados por Cameron aparecem a recessão na zona euro, o declínio do crescimento dos mercados emergentes, a epidemia do ebola na África ocidental e o conflito de fronteiras entre a Ucrânia e a Rússia. Cameron poderia ter citado ainda um efeito colateral da recessão global que atingirá setores energéticos de alguns países: a queda acentuada dos preços do petróleo. É sabido que o aumento da produção petrolífera em vários países e a exploração de gás e óleo de xisto nos Estados Unidos vem baixando o preço do petróleo desde 2013. Atualmente a produção americana de petróleo atingiu seu nível mais alto dos últimos 29 anos, somando 9 milhões de barris por dia (mmbbl/d). No próximo mês de março o volume americano alcançará 9,5 mmbbl/d, pouco abaixo da produção da Arábia Saudita.John Kilduff, um especialista no mercado de commodities pensa que em 2015 o preço do petróleo descerá até US$ 50 o barril. Globalmente, a queda dos preços do petróleo trará benefícios para muitos países. Mas certos setores de atividades vão conhecer dificuldades. Dependente de suas exportações de petróleo, a Rússia certamente se dará mal. No "Moscow Times", o escritor Alexei Bayer recapitula as teorias conspiracionistas russas que interpretam a queda do preço do petróleo como um complô ocidental contra o país. Mais concretamente, os investidores americanos na exploração de gás e óleo de xisto -- viável a partir de um preço mínimo (break-even) situado entre US$ 50 e US$ 80 o barril -- já começam a pisar no freio. Se a tendência da queda do preço do barril do petróleo se confirmar, a produção brasileira de etanol e de energia renovável sofrerá consequências. Mais ainda, os investimentos no pré-sal, baseados num break-even de US$ 41 a US$ 57, também se ressentirão. Sacudida pelos escândalos de corrupção, a Petrobras não precisava de mais essa má notícia. Fonte: http://noticias.uol.com.br/blogs-e-colunas/coluna/luiz-felipe-alencastro/2014/11/17/recessao-e-queda-dos-precos-do-petroleo-sao-ma-noticia-para-petrobras.htm

A Petrobras concluiu no dia 6 de novembro a perfuração do primeiro poço de extensão na área do Consórcio de Libra, o 3-BRSA-1255 (3-RJS-731), informalmente conhecido como NW1. Localizado na porção Noroeste do bloco de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos, o poço está a aproximadamente 4 km a Sudeste do poço descobridor, o 2-ANP-2A-RJS. O poço atingiu a profundidade final de 5.734 metros e está localizado a 185 km da costa do Rio de Janeiro, a uma profundidade de água de 1.963 metros. Com essa perfuração, foi confirmada a existência de uma coluna de hidrocarbonetos de aproximadamente 290 metros e um reservatório que apresenta boa porosidade e permeabilidade. As amostras coletadas do poço confirmaram tratar-se do mesmo petróleo encontrado no poço descobridor 2-ANP-2A-RJS, com 27 graus API. Está previsto, ainda, um teste de formação na zona portadora de petróleo para verificar a produtividade dos reservatórios. O Consórcio de Libra – que é composto por Petrobras (operadora, com 40%), Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%), CNOOC Limited (10%) e a companhia estatal Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA) – continuará as atividades previstas no Plano de Exploração aprovado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Neste momento, o segundo poço em perfuração - 3-RJS-735 - informalmente conhecido como L2C1, já atingiu a base da camada de sal e tem previsão de iniciar a fase de perfuração dentro do reservatório nos próximos dias. Fonte: http://www.tnpetroleo.com.br/noticia/petrobras-conclui-perfuracao-do-primeiro-poco-de-extensao-do-consorcio-de-libra/

TOP

A wonderful serenity has taken possession of my entire soul, like these sweet mornings of spring which I enjoy with my whole heart. I am alone, and feel the charm of existence in this spot, which was created for the bliss of souls like mine.

I am so happy, my dear friend, so absorbed in the exquisite sense of mere tranquil existence, that I neglect my talents. I should be incapable of drawing a single stroke at the present moment; and yet I feel that I never was a greater artist than now.

When, while the lovely valley teems with vapour around me, and the meridian sun strikes the upper surface of the impenetrable foliage of my trees, and but a few stray gleams steal into the inner sanctuary, I throw myself down among the tall grass by the trickling stream; and, as I lie close to the earth, a thousand unknown plants are noticed by me: when I hear the buzz of the little world among the stalks, and grow familiar with the countless indescribable forms of the insects and flies, then I feel the presence of the Almighty, who formed us in his own image.

Duis dictum tristique lacus, id placerat dolor lobortis sed. In nulla lorem, accumsan sed mollis eu, dapibus non sapien. Curabitur eu adipiscing ipsum. Mauris ut dui turpis, vel iaculis est. Morbi molestie fermentum sem quis ultricies. Mauris ac lacinia sapien. Fusce ut enim libero, vitae venenatis arcu. Cras viverra, libero a fringilla gravida, dolor enim cursus turpis, id sodales sem justo sit amet lectus. Fusce ut arcu eu metus lacinia commodo. Proin cursus ornare turpis, et faucibus ipsum egestas ut. Maecenas aliquam suscipit ante non consectetur. Etiam quis metus a dolor vehicula scelerisque.

Nam elementum consequat bibendum. Suspendisse id semper odio. Sed nec leo vel ligula cursus aliquet a nec nulla. Sed eu nulla quam. Etiam quis est ut sapien volutpat vulputate. Cras in purus quis sapien aliquam viverra et volutpat ligula. Vestibulum condimentum ultricies pharetra. Etiam dapibus cursus ligula quis iaculis. Mauris pellentesque dui quis mi fermentum elementum sodales libero consequat. Duis eu elit et dui varius bibendum. Sed interdum nisl in ante sollicitudin id facilisis tortor ullamcorper. Etiam scelerisque leo vel elit venenatis nec condimentum ipsum molestie. In hac habitasse platea dictumst. Sed quis nulla et nibh aliquam cursus vitae quis enim. Maecenas eget risus turpis.